No Embalo dos Blocos

No Embalo dos Blocos

No Twitter, não falta humor no esquenta de Carnaval. Nesta quinta-feira, a tag #FdsDeCarnavalEu foi citada 13,6 mil vezes, até 15h30, ocupando o primeiro lugar

nos Trending Topics e salpicando timelines com fotos de pijamas e ironias (https://goo.gl/TXxgvD e https://goo.gl/A3VmNQ). Porém, mais do que bom humor, os resultados a respeito da festa indicam um aumento do interesse pelo Carnaval de rua e, especialmente, pela folia em São Paulo.

Na última semana, o termo Carnaval apareceu em 1,5 milhão de tweets, em que as palavras bloco e blocos aparecem em destaque, segundo a nuvem de termos. As associações com São Paulo ocorreram 6.759 vezes, contra 6.403 com a festa carioca. No período, a diferença foi pequena, mas significativa, considerando-se a tradição do evento no Rio de Janeiro.

Em um recorte maior de tempo, a diferença fica mais evidente. Desde janeiro, o número de associações entre Carnaval e blocos, em português, foi de 158.611 em Twitter e sites de notícias. O total de associações com um grupo de palavras ligadas ao Carnaval das escolas de samba (como avenida, sambódromo, desfile, escola de samba e Sapucaí) foi de apenas 49.760 nos mesmos ambientes.

Em fevereiro, a média de menções em português a Carnaval foi de 98 mil tweets por dia, e já foram publicadas cerca de 30 mil notícias. Entre os sites de notícias, também se destacaram as

referências à cidade de São Paulo e, neste ambiente, as menções ao prefeito João Doria.

Dos vinte textos com mais interações, quatro mencionavam o prefeito, como fez a revista Exame, destacando a ação de limpeza em que ele participou depois de um bloco na cidade (https://goo.gl/rlk71M, 77 mil interações). Houve ainda grande dispersão em torno de Doria de sites de notícias falsas ou enviesadas, como Folha Política (https://goo.gl/x8Ls2E, 91,6 mil interações).

Em quinto lugar no ranking das matérias com maior dispersão, está um relato do sucesso de um dos blocos do carnaval paulistano (https://goo.gl/XBzZMw, 79,9 mil interações).

Em relação ao Rio, as matérias com maior repercussão eram sobre uma passista evangélica e sobre os cortes de gastos das escolas de samba (https://goo.gl/slj8Or).

No Twitter, das 10 mensagens mais compartilhadas associando Doria e Carnaval, 5 elogiavam o trabalho do prefeito para a festa (https://goo.gl/jIN9KR). Outras 3 criticavam Doria (https://goo.gl/RGzmwJ) e duas noticiavam a declaração do secretário de Transportes, reconhecendo que a prefeitura teria subestimado a festa na cidade (https://goo.gl/yhph16).

Dentro do espectro político, mas com viés mais negativo, estava o presidente Michel Temer, com 2.643 associações com Carnaval em Twitter. As mensagens com mais RTs criticavam o governo ou relatavam manifestações contra ele durante a festa (https://goo.gl/jFvfxx, https://goo.gl/RPT0Cl, https://goo.gl/vwch8M).

Fechar Menu